Servidores do SAMU 192 passam por treinamento sobre sistema de ponto eletrônico

Depois dos coordenadores e direção, nesta quinta-feira (24) foi a vez dos servidores participarem do treinamento para a instalação do sistema de ponto eletrônico no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU 192- Regional Imperatriz. Nos próximos meses, o sistema de ponto eletrônico será instalado em outras áreas da administração municipal como os Centros de Atenção Psicossocial, CAPS e Unidade de Pronto Atendimento, UPA São José.

A capacitação é uma das primeiras etapas do processo de controle de frequência dos funcionários do SAMU. Câmeras de segurança também serão instaladas na sede do órgão público.

Após o treinamento, o sistema passará a funcionar de forma experimental pelo período de um mês, até ser efetivado, por volta do inicio de agosto.

Dentre as vantagens proporcionados pela tecnologia implementada pela gestão municipal, via Secretaria de Adminstração e Modernização, estão a agilidade, rapidez, melhorias no tratamento da informação, aumento da produtividade, redução de custos agregando o controle de poder melhor e acompanhar a frequência dos servidores.

O secretário de Administração e Modernização, Alair Firmiano, esteve pessoalmente na abertura do treinamento, ocasião em que ressaltou a importância do sistema de ponto eletrônico.

“Vim aqui reforçar a ideia de que o ponto eletrônico é uma coisa boa, tanto para a administração municipal quanto para os servidores. Não pretende punir ninguém, ao contrário, vai otimizar  o serviço, como dar mais transparência e diminuir os erros que por ventura possam surgir”, disse o titular da Seamo.

Gestora do Ponto Eletrônico, Bruna Neves de Sousa avaliou o treinamento com altamente positvo por ter apresentado a base legal de criação do sistema de ponto, criado um canal de comunicação tira-dúvidas com o servidores além de ter destacado as vantagens para gestão municipal e funcionários.

“A reunião de hoje foi especialmente para tirar as dúvidas dos servidores e explicamos sobre a portaria, que é a base legal, inclusive tivemos até um retorno positivo de algumas pessoas que achavam que era uma coisa mais complicada, dificil e conseguimos sanar esses problemas”, disse Bruna Neves.

Com 20 anos de trabalho no SAMU 192 completados esta semana, o condutor-socorrista Antonio Andrade de Amorim aprovou o sistema de ponto. “Com certeza é importante, a única dúvida que eu tinha tinha era como vai funcionar na prática, tipo como vai ser nos horários de folga por que sobre a entrada e saída já estava tranquilo, mas foi explicado tudo direitinho”, disse o condutor socorrista que prefere ser chamado de Andrade.

A técnica em enfermagem e socorrista, Geane Andrade, disse que o treinamento a deixou mais tranquila.

“Parecia que era uma coisa muito truculenta e difícil de acontecer, mas pelas explanações que foram feitas pelos gestores aqui a gente vê que é algo que vamos conseguir nos adaptar e, com certeza, vai ser melhoria tanto para a gestão quanto para os servidores”, avaliou.

Para a coordenadora do SAMU 192, Kelma Costa, o treinamento foi muito importante e “estamos super satisfeitos e estamos confiantes que vai dar tudo certo”. Ela ressaltou que o treinamento abordou a situação de todos os servidores, mas outras demandas que surgirem serão resolvidas de forma individual como é o caso de funcionários que precise fazer alguma justificativa ou outra demandas administrativas sobre as rotinas do SAMU.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.