Você tem uma boa plataforma de dados para seu negócio?

Com alta performance e escalabilidade, ferramentas ajudam empresas a transformar dados em insights para rápidas tomadas de decisão

Na era digital, informações relevantes são geradas o tempo todo, desde uma simples pesquisa de produtos em um site de varejo até a verificação da identidade do cliente que está concretizando uma compra. Por isso, no mundo inteiro, empresas que querem alcançar ou se manter no topo de seu segmento sabem que um fator cada vez mais decisivo nessa direção é a capacidade de obter, processar e analisar dados com rapidez e inteligência. Nesse contexto, uma decisão fundamental para elas é a escolha da plataforma de dados para seu negócio. Em um mundo cada vez mais conectado e veloz, uma parcela importante do sucesso das operações de uma empresa depende da performance e da escalabilidade da solução escolhida.

Pagamentos inteligentes

O setor financeiro é um exemplo. Uma pesquisa feita pela consultoria Deloitte para a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) revelou que no ano passado foram realizados no Brasil mais de 45 bilhões de transações por meios digitais, mobile banking e internet banking. E esse número não para de crescer. De acordo com especialistas, tamanho volume de dados traz ao mesmo tempo grandes desafios e oportunidades para essas empresas.

Segundo Odilon Vicente Almeida Jr., líder de vendas da Plataforma de Dados InterSystems IRIS – reconhecida pelo segundo ano consecutivo como Gartner Peer Insights Customer’s Choice para Sistemas Operacionais de Gestão de Bases de Dados –, o principal valor dessa vasta quantidade de informações disponíveis é a capacidade das empresas de utilizá-las no momento certo.

No caso do setor financeiro, isso envolve atividades como a aplicação de um modelo de inteligência artificial (IA) para o processamento de um pagamento por meio digital e a validação do cliente por meio de uma self tirada pelo celular e outras interações digitais. “Além da previsão de fraudes, isso permite entender seu comportamento e autorizar uma atividade eletrônica que não seja padrão para aquele cliente, assim como interagir com ele em tempo real”, exemplifica Almeida.

Investimentos baseados em dados

No mercado de capitais, investidores podem integrar diferentes fontes de informação, como sites de notícias e bolsas de valores, e utilizar instrumentos de IA e machine learning para aumentar a eficiência de suas decisões. O executivo cita o exemplo recente da suspensão temporária dos testes de uma das vacinas que estão sendo pesquisadas para o coronavírus, cuja notícia teve impacto imediato no preço das ações da empresa. “Capturar uma notícia em tempo real e integrar essa informação a outros modelos em operação pode orientar decisões extremamente valiosas aos investidores”, ele diz.

O executivo da InterSystems explica que a mesma lógica se aplica a todos os setores em que o volume de dados vem crescendo de forma exponencial, como saúde, varejo, telecomunicações, logística e distribuição – além do setor financeiro. “A eficiência na utilização dos dados é um diferencial competitivo cada vez mais relevante nesses setores”, aponta Almeida.

Qual plataforma escolher?

É aí que entra a importância da escolha da plataforma de dados, como é chamada a tecnologia de software capaz de gerenciar qualquer tipo de informação disponível para as aplicações de uma empresa, como dados de uma planilha, textos, áudios, vídeos e e-mails de clientes. “Sua função primordial é processar toda a informação para qualquer necessidade do negócio, tal como a detecção de fraude em tempo real através de processamento de algoritmos de machine learning. Executar todas as transações no tempo requerido”, diz Almeida.

Segundo ele, uma boa plataforma “deve ser capaz de suportar simultaneamente cargas de trabalho de aplicações transacionais e analíticas e permitir facilmente sua integração ao ecossistema de aplicações interno e externo”. Ou seja: “Deve ter boa performance e escalabilidade para suportar as altas demandas do mundo digitalizado”.

O desempenho das diferentes plataformas disponíveis no mercado pode ser avaliado por meio de testes de performance. Um desses modelos, disponibilizado pela InterSystems IRIS, teve seus resultados validados recentemente pela Enterprise Strategy Group (ESG), empresa de pesquisas em tecnologia da informação. O estudo comparou a performance de quatro plataformas em relação a taxas de ingestão e consulta de dados em altíssimos volumes.

De acordo com a pesquisa, conduzida por Kerry Dolan, analista sênior de TI da ESG, a plataforma IRIS teve desempenho superior em ambos os quesitos. “Os resultados demonstram que o InterSystems IRIS pode fornecer uma base excelente para esses tipos de aplicativo”, afirmou Dolan no relatório da pesquisa. “Ter uma plataforma com esse desempenho pode garantir às organizações o máximo de tempo de atividade e desempenho durante eventos que geram ingestão de dados e picos de consulta”, concluiu.

Fonte: https://exame.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *