Tocantins é destaque nacional como o Estado que mais deve crescer no agronegócio em 2022

Tocantins é destaque nacional como o Estado que mais deve crescer no agronegócio em 2022.

Matéria publicada no Jornal Folha de São Paulo destaca o Tocantins como segundo estado com maior crescimento.

 

Tocantins tende a apresentar as altas mais intensas do PIB no acumulado de 2020 a 2022 de 4,7% – Foto: Madson Maranhão/Governo do Tocantins

Em matéria publicada na Folha de São Paulo, o Tocantins aparece em destaque como um dos estados que atrelado ao agronegócio, e com os avanços dos preços das commodities, deve registrar crescimento maior do Produto Interno Bruto (PIB) ao longo da pandemia, segundo indicam projeções de uma consultoria realizada pela MB Associados.

De acordo com a publicação, os dados da consultoria apontam que o Tocantins tende a apresentar as altas mais intensas do PIB no acumulado de 2020 a 2022 de 4,7%, ficando atrás apenas do Mato Grosso do Sul (4,9%), e a frente do estado de Goiás (4,5%), na comparação com 2019, o ano anterior à crise sanitária.

“Isso só demonstra o quanto o nosso Estado tem potencial de desenvolvimento. Uma publicação como essa, justamente no momento em estamos organizando a Agrotins, que já é considerada a maior feira de agrotecnologia da região Norte, só reforça a nossa vontade de seguirmos trabalhando firmes para levarmos o nome do Estado para mais destaque como este, e não apenas no agro, mas também em outras áreas como o turismo, onde já temos uma projeção positiva”, afirma o governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa.

Segundo a pesquisa, em seguida, aparecem Pará e Espírito Santo, com estimativas de crescimento de 4% e 3,9%, respectivamente, no acumulado de 2020 a 2022. De acordo com a publicação da Folha, os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o PIB dos estados são referentes a 2019. A consultoria realizada pela MB busca estimar o desempenho com a pandemia em curso nos anos seguintes. No caso do PIB nacional, os resultados já conhecidos vão até 2021. Conforme o IBGE, o indicador despencou 3,9% no país em 2020. Após a queda no ano inicial da pandemia, houve alta de 4,6% em 2021.

A publicação aponta que no recorte específico do ano de 2022, 14 unidades da Federação devem ter PIB com desempenho superior ao do Brasil, indica a MB.A maior alta prevista é para o Tocantins, de 1,7%, após projeções de recuo de 1,6% em 2020 e de avanço de 4,6% em 2021. Na sequência, aparecem Mato Grosso do Sul e Goiás. Em ambos os casos, o crescimento esperado em 2022 é de 1,4%.

Fontehttps://www1.folha.uol.com.br/mercado/2022/04/pib-de-estados-atrelados-ao-agro-deve-crescer-mais-na-pandemia-veja-lista.shtml

Fonte: to.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.