Saúde divulga cronograma de entrega de 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19

Distribuição aos estados e Distrito Federal inclui 2 milhões de doses da AstraZeneca e 1,2 milhões de doses do Butantan.

BRASIL IMUNIZADO

Saúde divulga cronograma de entrega de 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19

Distribuição aos estados e Distrito Federal inclui 2 milhões de doses da AstraZeneca e 1,2 milhões de doses do Butantan
Publicado em 24/02/2021 11h15Atualizado em 24/02/2021 11h19
foto-materia-2-24-02-21.jpeg

– Foto: Crédito da foto: Tony Winston/MS

OMinistério da Saúde está dando início à distribuição de mais 3,2 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 para ampliar ainda mais a vacinação no Brasil entre o fim de fevereiro e o início de março. Todos os estados e Distrito Federal começam a receber 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 1,2 milhões de doses do imunizante do Instituto Butantan.

A chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários: agora, serão priorizadas pessoas de 85 a 89 anos, pessoas de 80 a 84 anos, 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da saúde.

O envio das doses aos estados ocorre de forma proporcional e igualitária, junto com as indicações do público-alvo de cada fase da campanha, segundo o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. Devido à situação epidemiológica, a região Norte do país irá receber 5% do total de doses de vacinas em cada fase de distribuição. Desse total, 70% ao Amazonas, 20% ao Pará e 10% Acre, para também atender aos seguintes grupos prioritários:

  • Amazonas: 86.667 pessoas entre 60 e 69 anos;
  • Pará: 24.762 pessoas entre 80 e 84 anos;
  • Acre: 12.381 pessoas entre 70 e 84 anos;

Conforme o terceiro informe técnico da Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS) do Ministério da Saúde, a nova remessa de vacinas do Butantan corresponde à entrega de duas doses, sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose para garantir que o esquema vacinal seja completado no período recomendado de 2 a 4 semanas. Já a vacina da AstraZeneca corresponde à entrega da primeira dose – a segunda será distribuída em outro momento, já que o imunizante possui um prazo maior para realizar a outra aplicação.

Com esse novo lote, o Ministério da Saúde já distribuiu aos estados e Distrito Federal mais de 15 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação. Até julho, a pasta prevê o envio de mais de 200 milhões de doses, vacinando, assim, 50% da população brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *