Prefeitura realizará ação social com indígenas no Parque Amazonas

A última grande ação comunitária do Município foi realizada no Parque Ayrton Sena, contemplando os assistidos pelo Cras da região. (Foto: Assessoria)

Na próxima quinta-feira (26), a Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Cafeteira, do Núcleo de Estudo de Política Infanto-Juvenil de Imperatriz (NEPIJUVI) e do Selo UNICEF, realizará ação social com as 19 famílias indígenas alojadas no Parque Amazonas, contemplando um total de 75 assistidos.

A iniciativa, que começa a partir das 8h, contará com a parceria das secretarias municipais de Saúde (Semus); de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Semmarh); e de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinfra), por meio da Superintendência de Limpeza Pública (SLP).

“Essa nossa ação comunitária tem grande importância, pois ajuda a descentralizar os serviços ofertados pela Prefeitura, tornando esses atendimentos mais acessíveis para as populações mais vulneráveis, como é o caso dos indígenas que se encontram alojados no Parque Amazonas. Através da Sedes, e de nossos parceiros, estamos trabalhando para promover segurança socioassistencial e acesso a direitos”, comenta Divina Leide, secretária de Desenvolvimento Social

Serão realizadas rodas de conversa para orientações gerais relativas ao CRAS, focando nos direitos dos cidadãos indígenas. Também terá momentos de recreação, atividades lúdicas, com o Palhaço Luque, e aplicação de flúor para as crianças, com entrega de kits de higiene bucal. Além de cuidados com a saúde, realizados por equipe das Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Parque amazonas e Vila Cafeteira, e testagens para doenças virais realizadas pelos profissionais do setor de epidemiologia (IST/Aids).

Coordenadora do CRAS Cafeteira, Vanuza Moreira Santana, explica que “a assistência social no Brasil é uma política pública que abrange a todos as pessoas, buscando promover segurança socioassistencial e acesso a direitos. Dessa forma, entende-se que a política de assistência deve ser ofertada a todos que dela necessitarem, sendo todos os povos e etnias, portadores de direitos socioassistenciais”.

A coordenadora ressalta sobre a importância da atuação dos órgãos em iniciativas como a que será realizada. “Por isso é importante e necessário que os órgãos que promovem esse ingresso, como o CRAS, estejam presentes e atuantes nessas realidades, respeitando as características particulares de cultura e tradição. O CRAS Vila Cafeteira tem buscado atender as famílias ali residentes a fim de promover o acesso a direitos socioassistenciais de responsabilidade da Proteção Social Básica”.

Além dos órgãos ligados ao município, a ação comunitária também contará com a parceria de entidades privadas, como os profissionais da área de estética da Unidade de Ensino Superior do Sul do Maranhão (Unisulma), que ofertarão aos assistidos pelo CRAS Cafeteira serviços relacionados ao cuidado pessoal e estética, como corte de cabelo masculino, limpeza de pele e design de sobrancelhas.

 

imperatriz.ma.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.