Prefeitura assina acordo coletivo com agentes comunitários de saúde e de endemias

Prefeitura assina acordo coletivo com agentes comunitários de saúde e de endemias.

O documento prevê reajuste salarial de 10%, dentre outros benefícios, e agora segue para Câmara de Vereadores.

Acordo assinado, nesta terça-feira (19), pelo secretário Alcemir Costa e pelos presidentes dos sindicatos (Foto: Paula de Társsia)

O Município de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, seguindo a política dialógica e de valorização dos servidores, assinou acordo coletivo com os sindicatos dos agentes comunitários de saúde (ACS) e dos agentes comunitários de endemias (ACE), após discutir a minuta de reivindicações das categorias.

Acordo assinado, nesta terça-feira (19), pelo secretário Alcemir Costa, o presidente do sindicato dos ACS, Valdemi Alves, e a presidente do sindicato dos ACE segue para Câmara de Vereadores. Entre os benefícios que o documento prevê, estão o reajuste salarial de 10% e a implementação da Política Estadual de Cofinanciamento da Atenção Primária em Saúde do Estado do Maranhão (PECAPS).

Secretário Alcemir Costa destacou a importância do diálogo entre sindicato e a administração pública para o avanço das negociações coletivas que visam beneficiar os trabalhadores, mas, também, necessidade de se observar o equilíbrio orçamentário do Município.

“Nós discutimos cada cláusula junto com o sindicato, pensando na valorização dos nossos agentes e também no impacto financeiro. O que estava dentro das possibilidades, nós concedemos às categorias e vamos continuar avançando em outros momentos. É uma determinação do prefeito Assis a valorização contínua dos servidores e assim temos feito. Esse acordo é mais um exemplo”, explicou.

Para o presidente do Sindicato dos ACS, Valdemir Alves, as cláusulas firmadas nesta terça-feira já “representam avanços para nós. Embora ainda tenhamos outras reivindicações que vamos continuar lutando para conquistarmos. Sobre o vale-alimentação que também colocamos em pauta, este vamos discutir junto à Seamo”, pontuou o presidente.

Em Imperatriz, são mais de 600 agentes comunitários de saúde e quase 200 agentes de endemias que realizam o trabalho preventivo de bairro em bairro. Somente na gestão Assis Ramos foram nomeados cerca de 300 ACS, um marco para a história da cidade.

Outros benefícios

Fora da minuta de reivindicações do sindicato, o Município investe em outros benefícios para os agentes de saúde e de endemias.

Já está em andamento a aquisição, por meio de licitação, de tabletes que vão melhorar o processamento e envio de dados dos agentes em campo. Serão beneficiados os 640 agentes comunitários.

Também está em fase final os uniformes que serão distribuídos para os ACE e ACS, cada um com sua especificidade.

FONTE: ASCOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.