Prefeitura amplia locais de atendimentos às síndromes gripais em Imperatriz

Prefeitura amplia locais de atendimentos às síndromes gripais em Imperatriz.
Município disponibiliza as UBS’s, a UPA São José, Ambulatório da Vila Nova e o Hospital Municipal Infantil para atendimento à população.

Secretário Alcemir Costa alinha com coordenadores e diretores , o fluxo de atendimento à síndrome gripal na rede pública municipal de saúde. (Foto: Paula de Társsia)

A Prefeitura de Imperatriz,  por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), definiu o novo fluxo de atendimentos às síndromes gripais que tem sobrecarregado a rede de saúde da cidade. Estão sendo disponibilizados pelo Município as Unidades Básicas de Saúde, UBS’s, a UPA São José, Ambulatório da Vila Nova e o Hospital Municipal Infantil, o Socorrinho.

Nas UBS’s,  serão atendidas as pessoas com sintomas gripais leves. Já os moderados e graves são direcionados à UPA São José. As crianças continuam sendo atendidas no Hospital Municipal Infantil. Outro ponto de atendimento é o Ambulatório de Referência à Covid-19, na Vila Nova.

“O ambulatório será direcionado ao atendimento das síndromes gripais de forma geral, não somente Covid-19.  Assim vamos fortalecendo a nossa rede, para melhor atender a nossa população. Estamos montando uma força-tarefa, para de fato melhorar o fluxo que sobrecarrega a nossa rede, desde o início de dezembro. Anteriormente, já tínhamos aumento as equipes na UPA e agora estamos com as Unidades Básicas para atendimento aos sintomas leves”, destacou o secretário de Saúde, Alcemir Costa.

Quanto ao Socorrão, ele destacou que continua “atendendo urgência e emergência,  mas pessoas com sintomas gripais devem procurar os locais citados anteriormente. O Socorrinho é uma peculiaridade visto que as crianças requerem um atendimento mais específico e direcionado, por isso o Hospital Infantil continua atendendo os casos mais graves de síndrome gripal, bem como atendimento de urgência e emergência”, explicou Alcemir.

Orientações

Os cuidados para evitar a contaminação das síndromes gripais incluem higienização frequente das mãos, uso de álcool em gel e máscara. “Recomenda-se também evitar locais aglomerados, fechados e sem ventilação”,  pontua a coordenadora da Atenção Básica,  Sormanne Branco.

Quem tiver com sintomas gripais leves, é indicado que a pessoa faça repouso, ingestão de bastante líquido e aposte em uma alimentação equilibrada e leve. Os sintomas leves são:

-Tosse
-Febre
-Mal-estar
-Sensação de cansaço leve
-Dores articulares
-Coriza
-Náusea
-Dor de garganta
-Dor de cabeça
-Espirros

Caso os sintomas persistam, podem procurar atendimento médico em uma das UBS’s, UPA São José, UPA Bernardo Sayão, Ambulatório da Vila Nova e Socorrinho, no caso das crianças.

 

ASCOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.