Polo Metal Mecânico será instalado em Açailândia, gerando 8 mil empregos diretos e indiretos

A cidade de Açailândia, na Região Tocantina, receberá nos próximos 10 anos, investimentos privados da ordem de R$ 1,7 bilhão com a implantação de um Polo Metal Mecânico na cidade. A novidade foi anunciada na noite desta segunda-feira (21), pela presidente do Conselho de Administração da Aço Verde do Brasil (AVB), Sílvia Nascimento, durante reunião com o governador Flávio Dino no Palácio dos Leões, em São Luís.

Empresa já atuante em Açailândia, Grajaú, Barra do Corda, Urbano Santos, Chapadinhas e outros municípios maranhenses, a AVB é a primeira usina do segmento de siderurgia carbono neutro do mundo e tem a sustentabilidade como a principal filosofia de produção.

De acordo com Sílvia Nascimento, a previsão é de que o Polo Metal Mecânico da AVB irá gerar 2 mil empregos diretos e 6 mil empregos indiretos na cidade de Açailândia.

“A AVB é uma empresa que acredita no Maranhão e que vai investir nos próximos 10 anos em torno de R$ 1,7 bilhão, aumentando a geração de empregos, criando um Polo Metal Mecânico na região de Açailândia, que deve gerar em torno de 2 mil empregos diretos e 6 mil indiretos, trazendo desenvolvimento, novas tecnologias, muitas oportunidades de emprego e riqueza para a região e para o Maranhão”, sublinha a representante da AVB.

O Polo Metal Mecânico da AVB consiste na implantação de um condomínio industrial com 40 lotes de 19 mil a 37 mil m2 onde todas as empresas envolvidas atuarão em atividades relacionadas ao beneficiamento do aço.

Ao longo do ano de 2022, duas empresas já estarão se instalando no Polo e iniciando suas operações industriais com a produção de arames para a linha agropecuária e arames para linha de pregos. Outras empresas já estão em fase final de negociação visando implantação dos seus parques industriais ao longo do ano de 2023.

Geração de renda e desenvolvimento socioeconômico

Segundo a presidente do Conselho de Administração da AVB, a implantação deve agregar valor a cadeia de produção e promover o desenvolvimento socioeconômico em Açailândia e região.

Os investimentos foram iniciados em janeiro deste ano e vão até o final de 2032, mas os picos de investimentos serão registrados nos anos de 2022, 2023 e 2024, com a aplicação de R$ 604 milhões no condomínio industrial.

Sílvia Nascimento conta que o objetivo da reunião com Flávio Dino foi, além de apresentar os novos projetos da empresa para o Maranhão, foi agradecer o apoio que o governador tem dado ao setor industrial ao longo dos últimos sete anos.

“Viemos agradecer o governador por todo o apoio que ele tem nos dado nesses anos de mandato, mostrar para ele todo o investimento que vai ser feito agora no Maranhão entre 2022 e 2032. Viemos mostrar para ele, com muito orgulho, tudo que foi construído com o apoio dele nesses últimos sete anos; agradecer por toda a infraestrutura e o que toda a equipe dele tem feito por nós”, disse Sílvia Nascimento.

Beneficiamento de aço

Em atividade desde 2018 na Região Tocantina, a usina da AVB atualmente tem capacidade para 550 mil toneladas por ano de fio máquina, tarugo de aço, vergalhão CA-50 AVB, arame ecogrampo e vergalhão CA-60 AVB.

O Polo Metal Mecânico de Açailândia contará com as seguintes atividades de beneficiamento de aço: linha de pré-moldados de concreto armado; linha da construção civil: telas, treliças, arame recozido; linha para indústria: arame para solda, arame galvanizado, arame farpado e pregos; linha agropecuária: arames ovalado para cerca, molas para colchão, arame para enfardamento celulose e linha de fixadores metálicos.

 

FONTE; ma.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.