Operação Stellio investiga organização criminosa voltada à prática de crimes contra o INSS e a CEF

Grupo abria contas correntes na CEF com documentos falsos para receber benefícios previdenciários fraudulentamente.

 

Niterói/RJ – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (22/10) a Operação Stellio, a fim de desarticular organização criminosa voltada à prática de crimes contra o INSS e a Caixa Econômica Federal (CEF). Estão sendo cumpridos 3 mandados de prisão e 2 de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Federal de São Gonçalo.

A quadrilha realizava abertura de contas correntes na CEF com documentos falsos visando receber benefícios previdenciários também obtidos mediante fraude, os quais proporcionavam a contratação de empréstimos consignados de altos valores, cujos recursos foram utilizados para aquisição de veículos, quatro deles já apreendidos.

Os investigados são da mesma família e responderão por crimes de estelionato, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.