Leilão de energia elétrica para a região Norte atrai R$ 355,5 milhões em investimentos

O leilão para suprimento de sistemas isolados garantiu o investimento de R$ 355,5 milhões para levar energia elétrica a regiões do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima. O leilão ocorreu de forma virtual, nesta sexta-feira (30), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Entre as soluções vencedoras, há projetos movidos a biodiesel, gás natural e óleo diesel. Os contratos permitirão a redução dos custos de geração nas localidades contempladas e a desoneração das tarifas dos demais consumidores, uma vez que os sistemas isolados são subsidiados por meio da Conta de Consumo de Combustível (CCC).

“Os sistemas isolados são muito importantes. É por meio deles que democratizamos o acesso à energia elétrica às populações de diferentes rincões do Brasil que merecem conforto, qualidade de vida e dignidade”, afirmou o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Promovido segundo diretrizes estabelecidas pelo Ministério de Minas e Energia (MME), por meio das Portarias nº 67/218 e 341/2020, o leilão atenderá 23 localidades não conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O fornecimento de eletricidade deve começar a partir de 1º de abril de 2023 e pode se estender por até 180 meses. Ao todo, foi contratada uma potência requerida de 97,28 MW.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *