Governo destina mais de R$ 452 milhões para Centros de Enfrentamento da Covid-19

O Ministério da Saúde repassará R$ 452,9 milhões para apoiar os Centros Comunitários de Referência e os Centros de Atendimento para o Enfrentamento da Covid-19. Os recursos beneficiarão 2.302 estabelecimentos em 1.960 municípios brasileiros, fortalecendo o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS).

Os centros atuam como porta de entrada para o SUS, sendo responsáveis pelo primeiro atendimento e identificação de casos de síndrome gripal e Covid-19, reduzindo a sobrecarga das emergências e dos hospitais.

A transferência do incentivo financeiro será feita pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos Fundos Municipais de Saúde de forma automática e em parcela única.

“Ao todo, o Ministério da Saúde repassou mais de R$ 1,6 bilhão para a estratégia, justamente porque entendemos a importância de apoiar os municípios no contexto da crise sanitária, especialmente agora, durante a campanha nacional de imunização. É importante que os serviços funcionem em locais de fácil acesso para a população, podendo ser estabelecimentos de saúde da Atenção Primária ou outros espaços da comunidade”, ressaltou o secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente.

Centros

Criados em maio de 2020, os estabelecimentos fazem parte de um conjunto de ações elaboradas para ampliar a assistência à saúde durante a crise causada pela Covid-19 no âmbito da Atenção Primária.

Os Centros Comunitários foram credenciados exclusivamente para os municípios que têm comunidades e favelas, conforme classificação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já os Centros de Atendimento, disponíveis para todos os municípios, atuam como ponto de referência da Atenção Primária no SUS.

Acompanhe as ações do Governo Federal nas redes sociais do SecomVc no FacebookInstagram e Twitter.