Governador Wanderlei Barbosa assina portaria para ingresso de 1.000 soldados na Polícia Militar

Governador Wanderlei Barbosa assina portaria para ingresso de 1.000 soldados na Polícia Militar e garante que todas as cidades terão policiamento diário.

O governador Wanderlei Barbosa assina portaria para ingresso de 1.000 soldados na Polícia Militar em solenidade realizada na Praça dos Girassóis – Foto: Esequias Araújo/Governo do Tocantins.

“Nós queremos que todas as cidades do Tocantins tenham polícia e viaturas 24 horas por dia”. A declaração foi dada pelo governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, durante a solenidade de ingresso na Polícia Militar do Tocantins (PMTO) de 1.000 alunos-soldados aprovados no Concurso Público da PMTO. A solenidade foi realizada na tarde desta segunda-feira, 21, na Praça dos Girassóis. O curso de Graduação de Alunos-Soldados será ofertado por meio de parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO).

O governador Wanderlei Barbosa ressaltou que tem recebido muitas reclamações por parte de prefeitos e da própria comunidade e o ingresso dos alunos representa que, em um curto espaço de tempo, esse problema será resolvido. “Hoje é um dia especial, porque estamos fazendo o recrutamento de 1.000 homens e mulheres, que vão compor nossas forças de segurança e estamos ofertando um curso diferente, porque além da formação como policial militar terão conhecimento também em outras áreas, que são importantes para os seus respectivos currículos. Com esses novos militares, o que queremos é que cada cidade do nosso Estado tenha policiamento diário”, ressaltou o Governador.

Os alunos serão divididos em 28 turmas. O início do curso está previsto para o dia 28 de março, com 1.600 horas/aula ofertadas em 14 polos, em cidades que contam com unidades da Polícia Militar. Além do Curso de Formação de Soldados, os participantes terão formação de Tecnólogo em Segurança Pública, o que vai permitir o certificado de curso superior. “Queremos, a cada dia, nossos profissionais preparados para proteger a sociedade tocantinense. A educação é a ação mais importante do segmento social e um dos pilares fundamentais para atuação da polícia militar é a inteligência”, ressaltou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Júlio Manoel da Silva Neto, explicando que o conhecimento sobre o qual a Corporação embasa o seu trabalho é construído com base em evidências empíricas, apuradas com metodologias éticas.

O comandante-geral explicou ainda que o planejamento da corporação é para que, a partir da segunda semana de setembro, esses militares estarão qualificados. No entanto, ele afirmou que, antes desta data, já estarão nas ruas como estagiários, o que vai permitir suprir algumas necessidades em locais que faltam policiais.

O reitor do IFTO, Antônio da Luz, afirmou que essa parceria com o Governo do Tocantins, por meio da Polícia Militar, é histórica para o Estado e os alunos vão contar com atividades, nas modalidades a distância e presencial, como forma de cobrir todas as disciplinas necessárias para a boa formação das turmas. “Vão aprender questões práticas do dia a dia da atividade policial e conhecimentos teóricos, que vão permitir uma formação completa, que vai permitir um título de formação superior na área de segurança pública. Essa é a grande inovação desse modelo de formação”, ressaltou.

O presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Andrade, afirmou que a solenidade de ingresso dos novos alunos-soldados representa um sonho para os alunos e um grande ganho para a população das mais diversas cidades tocantinenses. “Que esses novos policiais tenham uma qualificação a altura do que a população espera. Tenho convicção de que, a partir da formação desses policiais, a sensação de segurança será sentida em todo o Estado”, frisou.

Presenças

A solenidade contou também com a presença da senadora Kátia Abreu, do deputado federal Vicente Júnior, deputados estaduais, do comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Eduardo de Souza Farias; da defensora Pública-geral, Estelamaris Postal, do procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti; do reitor da Unitins, Augusto Rezende; representantes da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), secretários de Estado e demais autoridades.

Além do Curso de Formação de Soldados, os participantes terão formação de Tecnólogo em Segurança Pública, o que vai permitir o certificando de curso superior – Esequias Araújo/Governo do Tocantins

Os alunos serão divididos em 28 turmas e o início do curso está previsto para o dia 28 de março, com 1.600 horas/aula ofertadas – Esequias Araújo/Governo do Tocantins

O curso de Graduação de Alunos-Soldados será ofertado por meio de parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins – Esequias Araújo/Governo do Tocantins

Solenidade contou com a presença da senadora Kátia Abreu, do deputado federal Vicente Júnior, deputados estaduais, secretários de Estado e demais autoridades – Esequias Araújo/Governo do Tocantins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.