Amarante de luto – Morreu aos 97 anos, Antônio dos Reis Gomes de Abreu

Morreu nesta quarta-feira, (20.01) aos 97 anos, o senhor Antônio dos Reis Gomes de Abreu.  Patriarca de uma das mais tradicionais familias amarantinas, ele era considerado uma das referencias morais do muncipio. Seu Antônio dos Reis foi vitima de complicações decorrentes da Covid-19. Segue abaixo uma homenagem de familiares e amigos que circula nas redes sociais de Amarante.

” O CABELO GRISALHO É UMA COROA DE ESPLENDOR, E OBTEM-SE MEDIANTE UMA VIDA JUSTA”
(Provérbios 16,31)

Antônio dos Reis Gomes de Abreu, 97 anos. Cabelos grisalhos… Vida longa, vida justa.
Vida de labor diário, vivida no sertão da Santa fé e arredores, vida desafiada pelas imposições do tempo. Tempo de roça no toco, tempo de pegar boi brabo no laço em campo aberto, tempo de amansar burro no braço, tempo de suster família grande com o suor do rosto, tempo de festejos e vesperais. Tempo transcorrido, quase um século vivido e bem vivido.

Nascido em 1924, 06 de janeiro, na localidade Santa fé, sertão de Amarante, filho de Margarida da Mota Gomes e Félix Gomes de Abreu, sendo o 5° de nove irmãos. Homem destemido, corajoso, brincalhão, festeiro, contator de histórias, histórias essas na maioria suas e de amigos, aventuras vividas. Foi também um homem temente a Deus, na sua religiosidade preservava sua fé, suas crenças, suas rezas.
Em 02 de janeiro de 1952 casou-se com Rosalina Lima de Abreu, viveram 69 anos juntos e juntos
construíram uma família numerosa, 10 filhos, 31 netos, 15 bisnetos.
Hoje, 20 de janeiro, nos deixou… Fisicamente não o veremos mais. Mas essa vida tão dignamente construída será a nossa ligação eterna com ele. Todos nós, filhos, noras, genros, netos, bisnetos, esposa, irmãs, sobrinhos, primos, cunhados… carregaremos conosco, dentro de nós, no nosso coração, um pouco Dele

A DEUS NOSSA PRECE PRA QUE CONCEDA A ELE A VIDA ETERNA.

O NOSSO ADEUS CHEIO DE SAUDADES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *