Mulher de Douglas Costa diz que meia culpou carga de treinos por lesão na Rússia

0
302

Louise Ramos disse que acredita no retorno do marido até o fim da Copa.

Esposa do meia-atacante Douglas Costa, Louise Ramos revelou que o marido culpou a carga de treinos do Brasil pela lesão sofrida na Rússia. O jogador da Juventus teve diagnosticado um problema no músculo posterior da coxa direita depois da vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica, na última sexta-feira. Ele já está vetado para o compromisso da Seleção Brasileira contra a Sérvia, nesta quarta-feira, às 15h, em Moscou. Dificilmente o jogador também estará à disposição para o jogo pelas oitavas de final, caso os comandados de Tite confirmem a classificação.

“Ele me disse que ele sente essas lesões é porque os treinos são muito intensos. Ele sentiu porque o treino na Juventus o treinos eram mais leves e no jogo é que ele se esforçava mais. Aqui, os treinos estão muito intensos. Cada time tem seu jeito. Com a seleção, é outro pique e é final de temporada também. O Douglas tem uma explosão, uma velocidade. É um dos poucos. Ele sempre se esforça ao máximo nos jogos”, afirmou Louise Ramos em entrevista publicada pelo Jornal Extra. “Sabemos que a lesão não foi tão grande, foi menor do que ele teve pela primeira vez. Se ele voltou em 10 dias, ele vai conseguir voltar agora”, complementou.
Médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar explicou nesse sábado, quando informou sobre a lesão de Douglas Costa, que o meia-atacante já iniciou processo de recuperação com os fisioterapeutas. “O Douglas foi diagnosticado com uma pequena lesão muscular. Assim sendo, não viajará conosco, ficará em Sochi, onde temos uma estrutura adequada para ele se recuperar o quanto antes, com um fisioterapeuta aqui. Ele vai continuar o processo de recuperação, juntamente com o Danilo, que não viaja e também faz trabalho de fisioterapia. Estamos otimistas com a participação deles na competição, dependendo claro do nosso desempenho na Copa. Não estamos poupando esforços para que eles ainda possam nos ajudar nessa trajetória”, afirmou Lasmar.
Jogador se lesionou aos 39 do segundo tempo
Lasmar acrescentou que Douglas Costa se lesionou quando o placar ainda estava em 0 a 0, mas acabou permanecendo em campo, dando, inclusive, o passe para Neymar marcar o segundo gol do triunfo brasileiro por 2 a 0 sobre a Costa Rica.
“O Douglas se queixou dessa dor aproximadamente aos 39 minutos do segundo tempo. Logo em seguida, saiu o gol. Ele continuou em campo, não nos relatou nada na hora, mas posteriormente relatou que administrou um pouco (a situação). Ele conseguia correr, mas com velocidade menor. Vimos os lances algumas vezes. Nitidamente, ele coloca a mão na região da coxa algumas vezes”, afirmou.
A entrada de Douglas Costa no lugar do meia Willian era uma das mudanças prováveis na Seleção Brasileira para enfrentar a Sérvia na quarta-feira. Diante da Costa Rica, o técnico Tite promoveu essa mudança no intervalo e a Seleção cresceu de produção.
Histórico de lesões
Douglas Costa se apresentou a Tite no início da preparação do Brasil para a Copa do Mundo com uma lesão na coxa esquerda, sofrida no último compromisso da Juventus no Campeonato Italiano. E agora teve um problema na outra perna, em mais uma contusão que atrapalha a sua sequência com a camisa da Seleção. O médico evitou apontar que o jogador da Juventus é mais propenso a se lesionar, avaliando que os seus problemas são “fatalidades”.
“O que posso falar é que a lesão nessa coxa, nesse local, é inédita. Não se trata de uma lesão que vinha acontecendo. Anteriormente, ele teve na coxa esquerda, na posterior, agora na direita. No passado, teve lesões nos adutores. Não existe uma recorrência da mesma lesão. É um atleta que tem uma explosão muito grande, não se dosa durante os jogos e treinos, vai além de seu limite. Isso pode ser um fator a se considerar. Pela própria característica do jogador, isso é uma fatalidade”, afirmou.
(em.com.br)